junho 28, 2012

Os dementadores

Faz tempo que não rola um desabafo e hoje tá um lindo dia pra isso. Desculpe quem vem aqui ver unhas, maquiagem ou feminices, mas hoje só tem desaforo!






Sério quanto mais eu vou lendo comentários em matérias internet afora, mais eu acho que só tem imbecil no mundo. Tem gente que nem se dá ao trabalho de ler/interpretar o que tá escrito e começa a xingar e ser do contra. Aliás esse é um dos motivos que estão me fazendo usar menos o Twitter, povo vem no meu perfil enfiar o dedo em coisas que eu digo feito juiz. Um monte de gente que se acha juiz/crítico/Deus e se sente corajoso atrás de um teclado. Cansada disso. Levantar a bunda pra agir ou caçar uma vida útil não tem, mas procurar defeito nos outros tem aos montes. 






Outro dia escrevi um tweet na maior ironia e um à toa chegou me xingando e me acusando um monte de coisa. Fiquei chocada com a ignorância e o "fino trato" do rapaz, que nem quis enxergar que estava errado após eu explicar que era ironia, continuou a me xingar como se não houvesse amanhã. E nem me seguir o cara seguia, me localizou por hashtag (a da ironia). A pessoa não me conhece e se mete em um assunto que nem diz respeito a ele, só porque leu e interpretou como quis.

É a mesma coisa que você estar conversando ao telefone na rua e no momento que está falando uma frase (irônica ou não) e uma pessoa que passa ao seu lado ouve, te para pra xingar e dizer que discorda do que você disse. E se você tenta se explicar ele te xinga mais ainda. Louco isso, né? Tem muito demente no mundo.

Tem que ter muita paciência pra ficar discutindo com gente que sempre acha que tá com a razão. É uma disputa de egos pra ver quem é o certo e quem tem a palavra final. Só que eu não ligo de não mostrar que estou certa. Se eu sei e tenho a convicção que estou certa, não insisto. Você vê que não adianta o que disser, sempre vai estar errado. 



E esse é um dos motivos pelo qual eu admiro a . Ela dá a cara a tapa e atura esse bando de imbecil. Não é fácil pra quem tem opinião. Ele discute, chama pra briga, ironiza as ameaças de processo e tem um batalhão de gente para defendê-la. Tô mais pra : só tem babaca na internet e eu não sou obrigada a aturar. Por isso prefiro ficar de fora e agir, ao invés de lidar com maluco. 

Não tenho a condição financeira da Lele pra bancar processos - e olha que hoje em dia chamar alguém de babaca já pode levar alguém pra justiça -, nem tenho mais os meus amigos no Twitter pra fazerem aquele paredão de bloqueio quando alguém incomoda o outro. Mas principalmente eu não tenho a menor vontade de falar com os trogloditas que surgem apenas para aparecer. Menor vontade.

Outro dia usando o Twitter pelo Igoogle, ele atualizou os tweets colocando o que a pessoa de cima disse, para a pessoa de baixo. Quando fui dar RT em uma frase, que estava no lugar errado, a mulher se descontrolou e começou a falar que eu queria prejudicá-la, que ia tomar as atitudes cabíveis por eu ter dito que ela escreveu algo que ela não disse, começou a me ameaçar e contar pra timeline dela que eu era isso e aquilo e a série de xingos que vocês podem imaginar. Fiquei uns minutos sem entender, afinal, pra mim ela disse aquilo, tava ali no Igoogle. Fui me explicar, pedir desculpas, mas parecia que a mulher tava ensandecida!  Só depois de muito tempo e de ter sido acusada de um tudo é que ela pareceu compreender.

Não faço mal nem a quem me sacaneou por muito tempo, vou querer prejudicar alguém que nem conheço? É muita loucura nessa internet. Mas serviu para eu ver que as pessoas estão muito armadas e ficam na defensiva o tempo inteiro. A educação passou longe também, porque haveria outras formas mais sutis de explicar a alguém que não foi ela quem disse aquilo. 

Aliás ser educado na internet é algo raro. A ignorância prevalece e as palavras destiladas em um teclado parecem ser como bala perdida. Se acertar alguém, acertou. Estamos na era do "que se dane", onde as pessoas não se importam com as outras e nem estão preocupadas se os outros tem defeitos. E, nossa, somos tão cheios de defeitos. Na internet isso parece ser proibido, já que muitos fazem de tudo para aparentar uma felicidade digna da Nuvem Rosa, dos Ursinhos Carinhosos. Mas como no desenho, existe um Malvado e um Coração Gelado.

A real é que eu cansei de redes sociais. Uso hoje apenas limitado aos meus amigos e uns poucos conhecidos. Perturbou, vive de indireta, se lamentando que sofre inveja e falsidade: mando embora.

Lidar com pessoas é muito complicado. Mas me estresso menos ignorando do que batendo de frente. Deixo o tempo falar, não eu. No máximo fico olhando e lendo as atrocidades ditas e sentindo uma vergonha alheia.


Se tem um conselho que dou, é: não discuta com malucos. Quem se machuca é sempre você, porque ele nunca sente nada e nem entende o que você quer dizer. Eu sei que a vontade de atravessar o monitor e dar uns belos cascudos em quem fala atrocidades existe. Eu sei. Mas tente evoluir como ser humano e não agir como primatas. 

Estou tirando o meu time de campo não por covardia, mas porque minha paz vale muito. Lembrem-se disso com essas cocotas e esses topeiras que existem por aí: não vale a pena. 

Ajo hoje como agi há uns anos atrás, quando falaram horrores da minha pessoa, se aproveitando da minha ausência ou meias palavras que eu disse e inventando fatos que nem Aguinaldo Silva imaginaria. Eu via tanta mentira e falsidade junta que a única coisa que eu pude fazer foi me retirar e deixar as cobras se comendo.

Não se fala daquilo que não vê ou tem notícias. Só se fala quando há alimento pra isso. E é por isso que prefiro não servir de alimento para malucos. Os retweets permanecem, já a minha opinião somente aos que confio compartilhar.

Aos malucos: O Pinel fica logo ali, em Botafogo. Para os petropolitanos há um sanatório em Corrêas. Os outros podem se jogar do abismo.

Aos amigos e quem teve paciência de ler até aqui sem vestir a carapuça: Obrigada pela atenção, você é um amor! Acabou o post, pode  comentar e ir embora. RISOS



BRINKS, obrigada por ter vindo e lido!




Priscilla
Priscilla

Mãe, esposa, jornalista e dona de casa. Adora cuidar do lar, de música e gatos. Aquela dos olhos coloridos.

8 comentários:

  1. noooossa que coisa!!! Mas como vc mesma mencionou lidar com gente é muito difícil e com babacas então!!

    http://anitamakingof.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que ter uma dose extra de paciencia!
      bju

      Excluir
  2. Caramba a parte mais perfect pra mim foi essa: (...)Lidar com pessoas é muito complicado. Mas me estresso menos ignorando do que batendo de frente. Deixo o tempo falar, não eu. No máximo fico olhando e lendo as atrocidades ditas e sentindo uma vergonha alheia.

    Eu tbm sou de ignorar, não perco meu tempo nem gasto energia, tah estressado, tah com raiva, desconta em outro porque eu ignoro!!!!

    Beijinhos, beijinhos!
    A Garota Veneno!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ignorando a gente ganha mais!! Essas pessoas querem é que a gente saia do sério!

      bju

      Excluir
  3. ameeei seu post (:
    bem descontraído e interessante !
    vou estar sempre por aqui, pode ter certeza disso *-*

    efeitodacor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Posso falar?!?!? cansei tb!!
    Tá td tão chato, td tão vazio, nego acha que sempre tem razão, que a grama do jardim dele é mais bonita, que o casamento é o mais feliz, que blábláblá.... aí, se vc posta alguma coisa (Seja ela boa ou ruim sobre SUA vida), as pessoas se acham no direito de dar pitaco, de te julgar..... aff, preguiça de gnt assim!
    É o que vc falou, nossa paz vale mt mais e a vida real é mt mais gostosa por isso que aos poucos vou dando adeus ao mundo virtual pra me dedicar a realidade. E que ela seja doce!

    ResponderExcluir
  5. Cê tá certa, eu falava muita coisa que não devia, me expondo também, agora me limito e estou bem assim, a nossa paz vale mais, como você mesma disse!

    ResponderExcluir

Blog da Priscilla/Garota de Escorpião existe desde 2010. Tecnologia do Blogger.