outubro 23, 2017

Compras no Sams Club



Sempre gostei de ir a um supermercado, mas depois que casei o dia de ir as compras é mais legal! Isso porque quando nós gastamos com nossa casa dá mais valor, né? Além disso, sempre que posso busco conhecer unidades de outras marcas e foi assim que conheci o Sam's Club. Ele é uma rede atacadista que também vende produtos pro consumidor final. Ou seja é possível encontrar itens avulsos e não apenas packs. Um dos maiores diferenciais dele é ter produtos importados. 

"O Sam's Club é um clube de compras onde o sócio se beneficia de inúmeras vantagens e tem acesso a produtos diferenciados, além de itens para seu dia a dia. São mais de 5.000 produtos, dentre grandes marcas, itens exclusivos e importados do mundo inteiro. O sócio mantém uma taxa anual da sua carteirinha, do qual o valor é rapidamente compensado pela economia já na primeira compra.
O cartão de sócio é válido no mundo todo por 12 meses. O valor da anuidade é de apenas R$ 75,00 (o equivalente a um pouco mais de R$ 6,00 por mês). Para ser sócio é muito simples, se você deseja produtos para sua casa e/ou família, seu cartão deve ser o de Pessoa Física. Caso deseje para seu negócio, seu cartão deve ser o de Pessoa Jurídica."


Fiz umas compras lá e aproveitei para mostrar para vocês alguns itens que adquiri e que senti que valeram a pena. Quem gosta de exclusividade, lá tem itens que encontramos apenas em viagens internacionais. O preço às vezes é meio salgado, levando em consideração que o dólar passou da casa dos R$ 3,00. Mas quando o dólar estava mais barato compensava muito. Agora tem que avaliar e pesquisar mesmo se vale a pena.

Recomendo muito a ida lá e se você se questiona se vale a pena pagar anuidade pra usar a minha dica é: faça os cálculos em cima do que costuma usar. Pra mim sempre compensou comprar batata frita congelada, bebidas, itens de banheiro e alguns biscoitos. Até mesmo material de limpeza (como esponja) eu  já comprei, mas agora foco apenas em areia pra gatos, pasta de dente, biscoitos, bebidas e variedades exclusivas que não encontro em outros mercados. 

Já valeu mais a pena, mas creio que a competitividade do mercado tem feito acabar com os muros que existiam entre importados e nacionais e itens de atacado e itens de varejo. Detalhe: lá aceitam apenas dinheiro e débito. Para a função crédito você precisa ter cartão deles (que faz na hora) ou possui um Hipercard. 

Já compraram lá? O que acharam?

Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

Aleatoriedades da rotina de mãe e dona de casa



Constantemente recebo mensagens de pessoas que acham que minha casa e família é perfeita, que tudo está sempre organizado e que eu tiro de letra tudo o que chega até mim. Não é bem assim! Eu sempre gostei de ser organizada e me planejar. Quando fiquei grávida isso se acentuou de tal maneira que passei a ser comparada a Monica Geller, de Friends, no quesito mania de limpeza. Acredito que a rotina é fundamental para chegar ao fim do dia com a sensação de dever cumprido. Porque por mais que se esteja cansada, quando você olha que tudo saiu dentro do combinado dá um certo alívio.

Há alguns meses eu filmei a rotina daqui de casa de maneira bem aleatória, mostrando detalhes da arrumação de casa com o filho estando nela, momentos em que fico com meu filho e aqueles momentos de mãe querer surtar (no meu caso, um brinquedo chatiiiinho). Se vocês olharem e analisarem é igual a muitas casas! O diferencial está em dar valor ao que foi feito e não ao que deixou de ser feito.

Se inscreva no canal!!


Eu tenho ciência do que preciso fazer em um dia e corro atrás pra tentar dar conta mesmo em dias em que Ivan tá colado em mim. Ainda tem vezes que ponho ele no canguru/sling e vou fazendo minhas tarefas enquanto ele fica colado e aninhado em mim. Tem dia que não dá de nenhuma forma e então eu respiro fundo e penso: é só um dia! Outros virão.

Quando você tem um planejamento tudo fica mais fácil. Por exemplo, quando sei que naquele dia tenho que lavar roupas, eu sei que não posso adiar. Então por mais tarefas que surjam ou criança chorando, eu dou um jeito de lavar e distrair ela. Quando você sabe que algo precisa muito ser feito, você sempre encontra uma solução.

Tem dia que dou tanto olé nos problemas que de noite eu tenho a sensação que fui atropelada por um cometa, inclusive mentalmente, porque fico toda desbaratinada. Mas, na maioria das vezes, Ivan colabora e eu posso fazer o que há de mais urgente com ele. Algumas coisas ele mesmo já acostumou a me ver fazer, que espera eu acabar (como arrumar os quartos e a louça). Por outro lado, tem dia que ele quer apenas a mãe e não tem nada que o convença a esperar.

Equilíbrio! Essa é a palavra. Não somos a perfeição e nem nunca seremos, então não adianta correr atrás daquilo que nunca será! Você pode dar o seu melhor, mas também é preciso estabelecer prioridades. Se a casa está um brinco significa que a criança não tá com atenção pra ela. Se a criança tá feliz e com energia gasta significa que a casa não foi arrumada. Se os dois estão em ordem significa que a mãe está acabada e destruída e isso também não é legal.

Percebem como não tem como dar conta de tudo? Estabeleça prioridades e faça o que der! Sua mente, sua casa e seus filhos vão agradecer!

Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

outubro 18, 2017

Câncer de mama em pets



O mês de outubro já está marcado como o mês de combate ao câncer de mama. A doença, no entanto, atinge não apenas humanos como pets. A prevenção do câncer de mama em cachorros e gatos ganhou destaque em uma campanha realizada pela Pet Model Brasil – agência de modelos pets presente no mercado nacional. Para alertar tutores sobre a importância da prevenção da doença em cachorros e gatos, a agência faz um alerta. “A doença é tão presente em cães e gatos quanto nos humanos”, explica a médica veterinária parceira da Pet Model Brasil, Dra. Carolina Rodriguez. Veja abaixo algumas informações importantes que vão ajudar na prevenção.

Você Sabia?

- O câncer de mama não surge apenas em cadelas! Mesmo que as fêmeas sejam as principais atingidas, os cachorrinhos machos também podem sofrer com a doença.

- A doença surge, com mais frequência, em cachorros de 7 a 12 anos. “É importante ficar atento aos sintomas em qualquer idade, pois existem casos de cadelas com menos de dois anos que sofreram com a doença”, alerta a veterinária.

- O câncer atinge principalmente as cadelas de raça pura, enquanto a miscigenação presente nos cães sem raça definida diminui a chance de desenvolver a doença.

- A castração pode reduzir o risco de desenvolver câncer para até 0,5%. “Castrar é um ato de amor! Além de diminuir o grande número de animais abandonados, diminui muito o risco de câncer de mama e de suas consequências”, afirma Dra. Carolina Rodriguez.

- É mito que se deve cruzar o cachorro caso não seja castrado. Estudos provam que não existe correlação da procriação com a diminuição da incidência do câncer de mama.

“Considerando que os hormônios sexuais aumentam o fator de risco, o cio acaba estimulando. Então, enquanto as cadelas tem um cio a cada seis meses em média, as gatas têm o cio estimulado pela presença do macho, ou seja, com muito mais frequência, aumentando seu risco. Quanto mais vezes ela entrar no cio, maior o risco. Por isso o aparecimento é mais comuns em cadelas e gatas a partir dos 9 anos de idade”, explica Dra. Carolina sobre a diferença da doença nos pets.

"Machos e fêmeas correm o risco de ter a doença".

Prevenções contra a doença

Prevenir é sempre a melhor opção quando se tem um animal de estimação em casa. Abaixo, conheça algumas dicas para ajudar a cuidar do seu bichinho:

  • Castração Precoce: Castrar o animal é sinônimo de redução nas chances de desenvolvimento da doença. Por isso, o quanto antes o tutor decidir pela castração melhor será para o animal.
  • Exames em casa: Esteja sempre atento. A maioria dos animais gosta de receber carinho na barriga.  Este momento é bom para examinar cada mama (10 nas cadelas e de 8 a 10 nas gatas) e sentindo qualquer alteração, procure imediatamente seu veterinário de confiança.
  • Anticoncepcionais: Não caia em recomendações que só vão prejudicar o pet. “É extremamente perigoso submeter pets, como cães e gatos, a tratamentos com bombas de hormônio”, explica Dra. Carolina.


"Gatos podem apresentar a doença mais cedo do que os cachorros".

Primeiros indícios e tratamento

Os animais, quando estão com alguma doença, ficam acima de tudo quietos. Fique de olhos nos seguintes sintomas: caroços, inchaços na mama e ao redor, desconforto abdominal, cheiro forte e desagradável nas secreções, perda de apetite, vômito e febre.

Normalmente, o tratamento para o câncer de mama é a remoção cirúrgica da mama afetada ou de toda a cadeia de mamas, como prevenção ou consequência de metástases. Posteriormente à cirurgia, de acordo com o tipo de câncer, pode ser necessário realizar quimioterapia e/ou radioterapia.

“Com o avanço da oncologia veterinária, hoje a chance de cura é muito alta, principalmente se for diagnosticado em estágio inicial”, explica Dra. Carolina.

Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

outubro 17, 2017

Dia na lavanderia + misturinha pra sapatos


Um dos cômodos que mais gosto de ficar em casa é a área de serviço. Sério, a lavanderia pra mim sempre foi o local da casa que eu gostava de ficar quando criança – o apartamento que eu morei tinha dois tanques e um espaço bem bacana e depois, em outra casa, a lavanderia era tão grande que eu poderia morar lá dentro. Ela ficava no andar de baixo e tinha espaço para quatro varais de teto, área pra passar roupas e tanque bem grande. Sinto saudades daquela casa.

Mas voltando ao assunto, a área de serviço é um canto da casa que eu sinto prazer em organizar, limpar e deixar tudo plim. Por isso eu piro tanto na seção de itens pra lavar roupas, por isso eu faço questão de manter aquele canto sempre em ordem – ok que nem sempre consigo.

No vídeo abaixo compartilho com vocês um dia na lavanderia comigo – separando roupas, lavando, limpando sapatos e demais objetos. Aproveita e se inscreve lá no canal pra receber em primeira mão as publicações!




É na área de serviço que eu invento minhas misturinhas e testo as dicas da internet. No vídeo eu falei sobre a mistura que inventei para higienizar calçados e aqui vai a receita dela:

  • 2 colheres de sopa de Lysoform (uso o suave)
  • 10 ml de água
  • 50 ml de álcool líquido
  • Gotas da essência de sua preferência.

Misture tudo em um borrifador e aplique à distância dentro dos sapatos. Ela matará as bactérias do chulé e deixará limpinho para guardar no armário.

Óbvio que aplico essa mistura após limpar o calçado. Normalmente, limpo a sola com álcool e um paninho para tirar sujeira e a sola com sabão de coco (conforme o vídeo). Apenas os tênis é que mergulho na água, os demais sapatos observo a indicação de limpeza no momento da compra.


Na parte de lavar roupas eu vou ser bem sincera: não ando separando mais nada por cor por uma questão de economia de água e luz. Como acrescentei as roupas do Ivan na máquina, ganhei mais uma lavagem. Logo, as minhas e do Rodrigo vão juntas. 

Eu só faço o teste da cor pra ter certeza que não mancha. Ele consiste em: toda vez que compro ou ganho uma roupa nova eu lavo na mão pra ver se desbota. Se não, vai na máquina. Se sim, lavo na mão até parar de sair a cor na água.

Em relação às manchas eu tiro em misturinhas ou usando algum produto específico pra isso. No caso do vídeo, tirei manchas de uma toalha branca com Vanish em barra, que funcionou como uma borracha escolar quase.




Como é a rotina de vocês na lavanderia? Como lavam as roupas? Conta pra mim!

Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

outubro 16, 2017

Fazendo massinha em casa



Uma das coisas que sempre pensei, antes mesmo de me tornar mãe, é que queria proporcionar coisas lúdicas aos meus filhos. Faço parte da última geração antes do boom da tecnologia, que viveu entre brincadeiras na rua e videogames de uma maneira saudável. Está na minha essência querer resgatar isso e acho que muitos pais da minha geração querem isso para os seus também.

Por isso busco atividades que façam a criança parar e pensar, imaginar, sentir e descobrir. A massinha caseira é uma delas. Quando fomos ao evento do Shell Open Air em junho, participamos de uma roda infantil com diversas atividades e na hora da massinha caseira vi Ivan se animar todo e ficar curioso com aquela alquimia.

Testei a receita em casa, deu certo, e quando filmei foi uma certa decepção, porque ele queria cozinhar ao invés de mexer na massinha! Faz parte! Criança é isso: improviso e espontaneidade. No vídeo abaixo vocês tem todo o passo a passo com a brincadeira, mas a receitinha dessa “mágica” feita com itens alimentícios eu vou transcrever pra vocês terem, ok?


Massinha Caseira

1 xícara de sal
4 xícaras de farinha de trigo (ou farinha de arroz, amido de milho e polvilho)
1 xícara e meia de água quente (se foi usar outras farinhas vai precisar de mais água)
3 colheres de sopa de óleo
2 colheres de sopa de cremor de tártaro (vai fazer a massinha durar mais e ficar bem macia)
Corante alimentício (quanto mais cores, mais legal)

Faça sob supervisão de um adulto por causa da água quente, ok?

Basta misturar os itens, em ordem aleatória (eu gosto de seguir o cronograma). Você vai parar de adicionar água assim que sentir que ela pegou aquele ponto de massinha de modelar. Caso precise acrescente mais óleo, mas ponha pouquinho de cada vez.

Quando acabar de brincar guarde em potes plásticos ou saquinhos na geladeira. Ela dura aí uns 10 dias de diversão!!

Aqui ela fez e faz sucesso sempre! Teste e depois me conte!




Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:
Blog da Priscilla/Garota de Escorpião existe desde 2010. Tecnologia do Blogger.