fevereiro 23, 2017

Tudo sobre cloro

blog dona de casa

Um produto coringa parta as donas de casa é o cloro. Ele é o tipo de material de limpeza que tem que ter sempre! Isso porque além de desinfetar, clarear e afastar insetos, ele é capaz também de eliminar maus odores e limpar diversos tipos de materiais, desde pedras até plástico. No mercado existem diversas opções de marcas que possuem CLORO no rótulo, mas elas são apenas soluções com hipoclorito de sódio. O cloro de verdade, é um gás de coloração amarelo esverdeada que é transportado em cilindros. 

Os compostos dele é que chegam até nós de maneira mais simplificada. O composto mais conhecido é o cloreto de sódio, muito importante para a alimentação já que é o cloreto junto com o sódio que faz o sal ser salgado. Já o hipoclorito de sódio é usado largamente na indústria. Nessa área é que falamos sobre os nossos queridinhos de dia de faxina: Vim Cloro Gel, Cif Cloro, Uau Cloro Ativo, Veja Limpeza Pesada, entre tantos outros produtos. 

Além deles, tem aqueles garrafões que muita gente usa pra clarear roupa. A água sanitária é uma solução que contém 2.5% de cloro ativo em água. O alvejante para uso doméstico que é vendido no mercado é uma solução de 2,0 a 2,5% de hipoclorito de sódio no momento da fabricação. São esses o que costumamos usar na limpeza de casa. A concentração varia de uma formulação a outra e diminui gradualmente com o tempo de prateleira.

Soluções entre 10 à 12% de hipoclorito de sódio são bastante usadas em cisternas e em abastecimento de água para clorar a água. Existem produtos para a cloração de piscinas que contêm aproximadamente 30% de hipoclorito de sódio. O sal cristalino também é vendido para o mesmo uso; tal sal contém menos que 50% de hipoclorito de sódio. Porém, o nível de "cloro ativo" pode ser bem mais alto.

Como usar?

-Remoção de manchas na roupa: Apesar de ser bem conhecido por clarear roupas, eu não gosto muito de usar em roupas do corpo por acabar desgastando os tecidos. Mesmo os de fibra de algodão, prefiro usar produtos menos agressivos. O recomendado é um volume de 50ml a 250mL de alvejante por carga de roupas. A água quente potencializa a ação, devido à decomposição térmica do hipoclorito.

- Desinfetante: Uma diluição de um para quatro de alvejante doméstico em água  é eficaz contra diversas bactérias e alguns vírus, e é frequentemente o desinfetante de preferência para limpar superfícies em hospitais. Deixar de molho alguns minutos potencializa o efeito.

- Afasta insetos: A limpeza de pratinhos de plantas, pneus e calhas d'água com cloro evita que os ovos de insetos, como o mosquito da dengue, consigam se reproduzir. Deixa um pouco do produto nesses locais também afasta.

- Limpeza de cisterna: Para fazer uma cloração de impacto em poços ou cisternas de água para desinfecção, é usada uma solução 2% de alvejante doméstico. Para sistemas maiores, pode-se usar produtos mais concentrados, porque assim usa-se em menores quantidades. A alcalinidade da solução de hipoclorito de sódio também causa a precipitação de minerais presentes na água, como o carbonato de cálcio (calcário), de forma que a cloração de impacto é geralmente seguida de entupimento do sistema. A precipitação dos minerais também preserva bactérias, o que faz desta prática, de alguma forma, pouco eficaz na desinfecção para a qual ela é proposta. (Fonte: Wikipedia)

- Tratamento odontológico: O hipoclorito também é usado na Odontologia, durante o tratamento de canal, para desinfetar o canal e dissolver qualquer resto de tecido da polpa do dente.

São tantas opções de uso, que limitar à faxina é bem pouco, né? Mas pelo menos agora você já sabe que o que você usa na limpeza é hipoclorito de sódio e que o cloro escrito no rótulo é apenas pra chamar a atenção e ter menos letras. Coisas de Marketing.

No vídeo abaixo falo mais um pouco sobre o cloro. Não esqueça de se inscrever no canal!

Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

fevereiro 22, 2017

Como tirar sujeira e gordura do blindex


A dica de hoje é pra ajudar muitas pessoas que não sabem como limpar box blindex. Vidro é algo que precisa de cuidado, principalmente em locais que acumulam gordura como cozinha e banheiro. Nesse último, em especial, é algo bem chato, porque não percebemos que acumula e na hora de limpar fica aquele sufoco, não é? Por isso compartilho com vocês o que aprendi com a internet, mãe e diaristas que passaram pela minha casa.

Em primeiro lugar você deve manter uma rotina de limpeza do seu box. Uma vez por semana é sempre bom limpar seu blindex, quanto menos acumular sujeira melhor. Mas se você tiver apenas um dia por mês, faça. Adiar é que o problema. Mesmo que ele pareça limpo mantenha a higiene dele em dia. Não espere pra ver a marca amarela pra pensar em tirar.

Aqui em casa uso:

  • Bombril fino (não aquele grosso)
  • Ajax Fresh Lemon
  • Sabão de Coco em pasta
  • Esponja que não risca
A Scotch-Brite tem uma esponja verde voltada à limpeza do banheiro, vocês podem usar ela ou uma que não risque de qualquer marca. O sabão de coco em pasta é recomendado por ser barato e mais fácil de limpar o vidro.


Passo a Passo:
  1. Com o vidro seco, pegue o bombril seco e esfregue o vidro todo para tirar a sujeira. Ali você já vai perceber que sai bastante gordura do vidro e resíduos de shampoo, condicionador e sabonete. 
  2. Após isso, pegue a esponja seca e molhe na parte macia o Ajax Fresh Lemon e esfregue novamente o vidro todo. 
  3. Deixe de molho uns 10 minutos.
  4. Molhe a esponja e, com a parte mais grossa dela, esfregue o vidro, enquanto joga água (você pode usar o chuveirinho pra ajudar). Retire todo o produto do vidro.
  5. Depois lave a esponja e passe nela o sabão em pasta e limpe o vidro dentro e fora. 
  6. Enxague em seguida e retire o excesso da água com rodo.
  7. Deixe secar naturalmente.
Se seu box está muito encrostado de gordura, uma vez por semana limpe o vidro dele com removedor (Zap Clean, Faísca, qualquer um). Basta um pano seco e removedor no vidro seco. Faça isso semanalmente até que vá clareando. E a manutenção da limpeza faça como no passo a passo acima.

Dessa forma o seu blindex vai ficar sempre limpo, brilhando e com cara de novo! Agora você já sabe como limpar box blindex e pode ficar sossegada na rotina de limpeza!
Espero ter ajudado vocês!

Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

fevereiro 21, 2017

Tag: Te conhecendo melhor

conhecendo a blogueira

Responder tag é algo bem divertido! Vocês passam a me conhecer melhor e eu acabo falando de assuntos que não falaria em outros lugares. Nessa tag "te conhecendo melhor" respondo 13 fatos sobre mim:

1 - Qual sua bebida favorita?

2- Qual a peça do seu guarda roupa que você não consegue viver sem?

3- Qual a coisa que muita gente não sabe sobre você?

4- O que você quer fazer antes de morrer?

5- Qual a comida que você não consegue viver sem?

6- Qual a frase que você tenta transportar para o seu dia?

7- O que você gosta e o que não gosta na comunidade do Youtube?

8- Qual a música que você tem mais ouvido?

9- Como você descreve seu estilo?

10- Qual seu numero favorito?

11- Quais são seus hobbies favoritos?

12- O que te irrita nas pessoas?

13- Diga algo que você faz e se sente bem.

As respostas estão no vídeo abaixo!!


Convido a todos responderem essa tag também!!


Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

fevereiro 20, 2017

Cadeirão Merenda - Pég Pérego


O cadeirão Merenda, da Peg Perego, é um dos produtos que Ivan tem que acho muito bacana. Apesar de ser grande e ocupar um espaço na casa, ele me dá a segurança de que posso fazer o que quiser pela casa que ele está seguro. A resenha de hoje fala desse produto por muitas pessoas me perguntarem se recomendo. E sim! Recomendo.

Uma das características que mais me chamaram atenção nele foi a base firme, que não balança e não tende a fechar caso a criança se mexa. Testei na loja até chutando as pernas da cadeira e esse foi um dois poucos modelos em conta que não balançou tanto. Os outros não me davam a firmeza que eu precisava.

Além disso, ele é bem fácil de abrir e fechar e possui pontos que valorizam o produto como apoio para o pé móvel - que se ajusta ao crescimento da criança -, encosto reclinável e bandeja dupla, que permite que após a refeição a criança ainda tenha outra mesa limpa por baixo.

Mostrei detalhes no vídeo abaixo. Aproveite para se inscrever no canal do blog!


Características:
- Protetor entre pernas na bandeja
- Encosto reclinável em quatro posições, e com abas laterais
- Apoio para os pés regulável em duas posições
- Cinto de segurança de cinco pontos com regulagem de altura nos ombros
- Bandeja pode ser guardada na parte traseira ou dianteira
- Estofado em plástico, de fácil limpeza 
- Bandeja dupla 
- Pés antiderrapantes

Ele suporta até 15kg e tem em outras cores. A do Ivan é no tom Petróleo e comprei na Alô Bebê. 

Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

fevereiro 19, 2017

Quando o bebê dorme a noite toda

blog da priscilla

Você passa meses esperando para ver o rostinho do seu filho. Prepara o enxoval, o quarto, o berço e tudo de mais lindo que você pode oferecer, você oferece. Aí ele chega, chorando, mamando, demandando atenção e você com aquele amor maior do mundo pra cuidar. Só que aí vem a parte chata. No meu caso, além da hiperlactação (que foi terrível, por sinal), Ivan não dormia. Sério. Ele não dormia direto nem por meia hora. Ele só dormia bem se fosse comigo, no colo. No berço, na cama, no carrinho, na cadeirinha de descanso...nada funcionava. Foi assim por dois meses. Os dois meses, por sinal, que não dei chupeta.

Quando as cólicas vieram eu dei o bendito bico que me ajudou um pouco, mas ele tinha muita fome e eu muito leite. As mamadas eram infinitas e ele apagava sempre mamando. Do segundo para o terceiro mês ele aceitou dormir na cadeirinha. O berço auxiliar já tinha sido desmontado e o carrinho abolido. Indo para o quarto mês levei ele para minha cama e isso me permitiu dormir mais que uma hora seguida. Eu era o próprio zumbi, com as tetas pra fora sempre ordenhando.

Aos quatro meses a chupeta se fez mais presente e ele passou a dormir umas duas horas durante a noite e durante o dia. Quando acordava era peito e peito e peito. Conforme ele ia crescendo as sonecas iam aumentando de tempo, mas nunca dormi uma noite inteira, porque ele sempre acordava querendo mamar. Quando ele já tinha mais de um ano eu aderi a mamadeira noturna. Quando ele acordava querendo peito eu dava a mamadeira com suco ou água e ele voltava a dormir. 

Aboli essa estratégia quando vi que era um hábito acordar na madrugada pra mamar o que quer que seja. Na mesma época aboli a ninada pra dormir, porque já não tinha coluna que aguentasse. Eu nunca quis ninar, mas meu marido estimulou esse hábito e aí ferrou, pra tirar demorou. Daí pra frente foi uma maravilha. Ao ensinar a pegar no sono sozinho ele também começou a aprender a acordar e voltar a dormir. 

DETALHE IMPORTANTE 1: fazemos cama compartilhada desde os dois meses e meio do Ivan, quando pude dormir um pouco mais ou pegar ele melhor pra mamar. Se seu filho já dorme na cama dele, acredito que funcione melhor ou um pouco mais demorado o processo, conforme personalidade da criança. Assim que fizermos a transição do Ivan para a cama dele volto pra contar.
DETALHE IMPORTANTE 2: não estimulo o uso da chupeta, pelo contrário. Mas aqui ela funcionou como um estabilizador da hiperlactação, que como eu disse acima, foi terrível. Mamadeira também não sou favorável, Ivan só conheceu o modelo Pétala da Avent com 10 meses e isso não atrapalhou as mamadas.

Eis que depois de ensinar a dormir sozinho tivemos uma grata surpresa quando ele dormiu uma noite completa. Acordei no dia seguinte e já era dia. Ele não havia me procurado pra mamar na madrugada, nem reclamando da chupeta. Na minha lembrança eu tinha tomado uns chutes com ele se mexendo e só. Ele dormiu a noite inteira!!!!

Vibrei com meu marido, que de manhã perguntou "ele dormiu direto ou foi impressão minha?". Durante o dia foi aquela energia da criança. Se dorme bem, o dia será agitado! Aproveitei como pude minha primeira noite de sono direto e já com esperança de que ela se repita para que assim eu possa passar ele pra cama dele. Não tivemos nada de diferente na rotina do dia, exceto que ele estava meio chateado porque tomou vacina (que não deu reação).

Demorou um ano e quase três meses para que Ivan dormisse uma noite completa. De lá para cá ele repetiu essa dormida direto mais uma vez, mas as noites ainda são inconstantes, principalmente porque ele se aninha no meu peito pra dormir. A tal crise da separação que ocorre a partir dos oito meses acontece aos 15 meses por aqui. Vou com calma, mas com a esperança de que as fases estão aí para nos ensinar e ensinar o bebê como funciona o mundo.

Se você também não dorme direito e espera ansiosa o dia que seu filho irá dormir a noite inteira: calma. Esse dia vai chegar! Não é quando queremos, quando impomos ou decidimos. Tudo no tempo deles, na segurança deles, da forma que eles se sentem melhor. Pode ser que ele não durma direto muitas vezes, mas quando acontecer, aproveite também. É estranho, porque você acorda na madrugada e vê se tá tudo bem, mas está.

Eles crescem e dormem a noite toda. O dia todo, se deixar, né? Um dia esqueceremos as noites insones e pensaremos em mais um filho ou até falaremos pra outros casais que ele sempre dormiu bem, porque de alguma forma, você vai se apegar a essa época como a fase mais maravilhosa da sua vida.

Quando o bebê dorme a noite toda você sente uma paz, um alívio e ao mesmo um estranhamento de que mais uma etapa se finda. E sabemos, tudo que termina deixa saudades, uma lembrança de que algo não volta mais. Neste caso, que seu bebê cresceu e já não precisa tanto assim de você.

Continue Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:
Blog da Priscilla/Garota de Escorpião existe desde 2010. Tecnologia do Blogger.