junho 04, 2014

Manekineko - Gato da Sorte

O Manekineko é conhecido por ser o gato da sorte. A origem dele vem do Japão, onde na tradução literal significa gato acenando. O símbolo tornou-se popular um pouco antes de 1800, quando o gato da sorte começou a aparecer com regularidade em publicações e nos estabelecimentos comerciais. O gesto do Manekineko reflete o hábito de um gato limpando o rosto ou quando está brincando, querendo pegar algo. Como lembra um aceno, começaram associar que, colocando a figura de um gato levantando uma pata dianteira, chamaria a atenção das pessoas.

O gato é um animal altamente sensitivo, que pressente a chegada de uma pessoa ou a aproximação de chuva, e mudanças em sua rotina o deixa inquieto. Então, ele começa a dar voltas ou esfregar o rosto, pois esse é o tipo de comportamento que o tranquiliza. Mas, para um ser humano, ver um gato esfregando o rosto  é sinal de chuva ou de visita, e, esses tipos de interpretações, podem ser uma das origens da lenda do Manekineko. Existem muitas histórias relativas ao seu surgimento, porém ninguém sabe ao certo qual a verdadeira.

No Japão, existe um templo chamado Gotokuji, em Tokyo, no bairro de Setagaya, e um Santuário em Imada, locais que o Manekineko pode ser reverenciado e onde se encontram relatos das principais versões que remontam sua origem. 
» Uma das versões conta que quando Li ou Ii Naotaka (1590~1659), do clã Omi, voltava para casa após uma batalha, ele se abrigou de uma chuva em um templo - Gotokuji. Neste local vivia um monge e uma gatinha. Eram tempos de grande dificuldade e a fome rondava. Esperando a forte chuva passar sob a proteção da árvore, Naotaka olhou para o desgastado templo e viu um gato sentado sobre suas patas traseiras e acenando com a pata dianteira levantada em sua direção. O samurai ficou encantado pela habilidade do bichinho e seguiu em direção ao templo para ver de perto a façanha. Quando o homem chegou junto ao templo, um raio fulminante atingiu a árvore exatamente no local em que se encontrava a poucos momentos. O guerreiro imediatamente percebeu que aquele gesto do gato havia lhe salvado a vida. Então, entrou no templo para rezar em agradecimento à graça recebida. Como gratidão ele deixou todo dinheiro que tinha no templo, já que o local precisava de muita ajuda. Após esse episódio, Naotaka passou a frequentar Gotokuji, e o local passou a ser, então, o templo oficial da família e de todo o clã de Ii Naotaka e, consequentemente, tornou-se um santuário próspero, visitado por todas as pessoas da região.
» Outra versão data também do mesmo período do fato anterior. Uma senhorinha muito pobre e de idade avançada não conseguia trabalho. Ela tinha um gato, mas não tinha mais condições de sustentá-lo, afinal, faltava comida para ela também. Foi então que ela tomou uma decisão e chamou o bichinho para conversar. “É com o coração partido que terei de lhe doar a alguém, antes que morra de fome junto a mim, pois, com a minha condição de extrema pobreza, não tenho como continuar lhe alimentando”, disse a triste velhinha ao gatinho que a olhava atentamente, parecendo entender a situação. Ela deitou-se para dormir e sonhou com o gato lhe dizendo “molde minha imagem e semelhança em barro que lhe trará muita sorte”. E no dia seguinte foi isso que ela fez. Enquanto esculpia no barro, o gato se lambia e limpava o rosto, ela achou graça e a escultura teve a imagem do gato limpando a face com a pata levantada. Depois da obra pronta, ela deixou o objeto na frente de casa. Uma pessoa achou interessante a imagem e resolveu comprar. Com o dinheiro a senhoria comprou alimento para ela e o gato. Então ela fez outra estátua do gato, na mesma posição da pata para cima e antes que acabasse apareceu outro comprador. E assim foi, com pessoas aparecendo no local para comprar a imagem do gato que acenava.
Real ou não, o símbolo atravessou séculos e hoje está presente de muitas casas do Ocidente (inclusive na minha). Existem algumas atribuições a cor do gato e posição da pata levantada:
Pata esquerda levantada: Atrai uma boa clientela.
Pata direita levantada: Atrai fortuna e sorte.
As duas patas levantadas: Também pode encontrar o Manekineko com as duas patas levantadas ou até com as quatro patas para cima, o que é bem raro, que simboliza fortuna e sorte, e, ao mesmo tempo, atração de pessoas.
Altura da pata: Quanto mais alta a pata for, melhor, pois atrai mais dinheiro ou clientes.

Branco: Purificação
Preto: Proteção
Rosa: Amor
Dourado: Dinheiro
Verde: Sorte nos estudos
Vermelho: Saúde
Tricolor: Muita sorte

Pessoas que tem gatos também são cercadas de Manekinekos. Toda vez que eles limparem o rosto, boa sorte vem!

BEIJOS!
Priscilla
Priscilla

Mãe, esposa, jornalista e dona de casa. Adora cuidar do lar, de música e gatos. Aquela dos olhos coloridos.

4 comentários:

  1. Aí vem o engraçadinho e pergunta: e com as 4 patas levantadas? :D :D :D
    Muito legal, Pri, não conhecia nada a respeito disso!
    Beijo,

    Luciana

    ResponderExcluir
  2. Quero um...
    Beijos
    http://segredosdacahlima.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. É claro que eu tenho rs
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Que legal!!! Não sabia disso!!
    Adoro esse lado cultura do blog! ;)

    ResponderExcluir

Blog da Priscilla/Garota de Escorpião existe desde 2010. Tecnologia do Blogger.